Elon Musk: Tesla (TSLA34) quase vai à falência

ANÚNCIO

Conforme dados divulgados no mercado, a Tesla (TSLA34) tornou-se a montadora mais valiosa e também a mais lucrativa do mundo. No entanto, há pouco tempo a marca quase foi à falência.

Nesta semana, o CEO da fabricante de veículos elétricos, Elon Musk, tuitou que a empresa estava há um mês de falir enquanto tentava inserir o que hoje é o veículo mais vendido da marca, o sedã Modelo 3.

ANÚNCIO

Em meio ao pronunciamento do bilionário, a Tesla (TSLA34) pagou US$ 3 bilhões em indenização à Musk por despesas legais, uma espécie de seguro empresarial para diretores e executivos da montadora.

Elon Musk: Tesla (TSLA34) quase vai à falência
Fonte: (Reprodução/Internet)

Tesla (TSLA34) mergulha na crise com Modelo 3

Segundo Elon Musk, no mês do lançamento do novo modelo de seu carro mais vendido atualmente, a Tesla (TSLA34) enfrentava uma crise de caixa séria à medida que os prejuízos aumentavam.

“O mais perto que chegamos foi cerca de um mês. O projeto do Modelo 3 foi extremamente estressante e doloroso por um longo tempo, de meados de 2017 a meados de 2019. Num inferno de Produção e Logística”, declarou o CEO.

ANÚNCIO

A montadora também estava lutando para atingir várias metas de produção para o Modelo 3. Na época o executivo não chegou a divulgar que a empresa estava perto de quebrar financeiramente, embora ele tenha brincado sobre um pedido de falência em um tuíte no Dia da Mentira em 2018,

Leia mais: Elon Musk prevê produção de 500 mil veículos da Tesla.

Montadora supera tempos difíceis

Após emergir da crise financeira e quase falência, a montadora americana relatou lucros recordes, margem de lucro líder do setor e fortes fluxos de caixa. Também, os ativos da marca responderam na mesma moeda com ações da Tesla (TSLA) subindo mais de 400% este ano.

ANÚNCIO

Traduzido e adaptado por Equipe Folha Capital

Fonte: CNN.

ANÚNCIO