Efeito pandemia: Vendedores mudam abordagem com clientes

ANÚNCIO

É fato que a pandemia trouxe diversas mudanças na maioria das áreas, incluindo na maneira de consumo e obtenção de produtos. O era costume na relação do cliente e do vendedor como a olho no olho e até mesmo o aperto de mão ao sair de estabelecimento.

Porém, alguns ajustes radicais precisaram ser feitos para manter a normalidade, ainda que diferente na rotina de todos. Um dos setores tiveram que  lidar com um novo formato de exercer suas atividades foi o comércio.

ANÚNCIO

Uma das áreas mais atingidas pela crise no país vem lutando para continuar sobrevivendo e angariando lucros. Diversas novidades precisaram ser implementadas no dia a dia deste público, inclusive no relacionamento com o consumidor.

Efeito pandemia: Vendedores mudam abordagem com clientes
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja o que mudou neste setor com a crise que chegou no Brasil.

Adaptações para o novo momento

Há algum tempo, o trabalho na internet já vinha sendo utilizado por muitas pessoas. Porém, com a suspensão das atividades comerciais, aqueles que ainda não eram adeptos deste recurso precisaram recorrer a ele caso quisessem manter seus negócios.

ANÚNCIO

Então, as lojas online que estavam previamente estabelecidas no mundo digital foram somadas aos comércios físicos, os quais passaram a utilizar a ferramenta como instrumento principal para exercer suas atividades.

Este movimento foi feito rapidamente pelos empresários que responderam positivamente ao momento atual. Novas estratégias precisaram ser elaboradas para um público diferente, afinal o perfil do consumidor também sofreu alterações com a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com levantamento feito pela Forbes Brasil, já no ano de 2019 o período que os profissionais do setor de vendas passaram adquirindo novos conhecimentos foi 3,5 % maior que o de outros trabalhadores do Brasil.

ANÚNCIO

Com as atenções voltadas para o mercado online, os comerciantes e atendentes tem buscado por habilidades diferentes para implementar no trabalho e impactar o seu resultado de forma positiva.

Efeito pandemia: Vendedores mudam abordagem com clientes
Fonte:(reprodução/internet)

Segundo os colaboradores do Linkedin, as empresas estão interessadas em aprender a lidar com transformações. Elas estão recorrendo aos cursos que oferecem táticas de assimilação para momentos como este que estamos passando e reagir de forma rápida criando oportunidades.

Outro dado que confirma esta evolução no formato de compra e venda, é que 57% das companhias que atuam no Brasil almejavam, antes mesmo da pandemia, investir recursos para inserir mecanismos tecnológicos no comércio virtual.

Melhora no relacionamento com o ciente

Com a migração das lojas físicas para o ambiente online, os vendedores canalizam sua energia em manter os seus fregueses. Afinal, em tempos de crise, a perda deve ser mínima. Prova disso é que 70% dos brasileiros que trabalham nessa área se mostraram preocupados com o seu público.

Em razão da nova forma de se fazer comércio, quase metade dos atendentes dizem que a resposta dos clientes para o novo formato diminuiu. Por isso, os comerciantes têm mudado a maneira de abordar os clientes.

Foi identificado que o atendimento mais solícito e sensível à necessidade do público tem dado bons resultados. O relacionamento amigável com o público cresceu em 40%, segundo pesquisa do Linkedin.

Efeito pandemia: Vendedores mudam abordagem com clientes
Fonte:(reprodução/internet)

O que consequentemente agradou a clientela, fazendo com que ela se sinta satisfeita e confiante em adquirir o produto da loja virtual. Apesar dos dados ruins registrados sobre a confiança dos consumidores, o que resultou  na queda das vendas, outras empresas tem dado certo com a reinvenção neste ramo.

O que traz sucesso nas vendas desse período

Os vendedores de sucesso se destaca por conseguir conquistar a confiança do seu público, mostrando-se verdadeiramente interessado no que o freguês quer, e não apenas na lucratividade que ele pode obter.

Esta aproximação junto ao consumidor, ainda que à distância, é essencial pois o universo digital já é visto como um ambiente inseguro. Cabe ao atendente passar credibilidade e confiabilidade, ainda que atrás de uma tela de computador ou celular.

Dessa forma, aqueles que investem nessas modificações irão se dar bem no mercado. Ainda mais que o e-commerce não é algo temporário, ele já mostrou que estará presente por um bom tempo na nossa vida e quem souber utilizá-lo fará suas vendas decolarem.

ANÚNCIO