Crimes virtuais – US$ 24 milhões em bitcoin foram roubados em 2020

ANÚNCIO

Os investimentos em moedas digitais possuem uma imagem bastante negativa no Brasil. O cenário de valorização desse ativo e suas possibilidades de rendimento financeiro são utilizados como publicidade por pessoas de má-fé.

Outro público que critica muito essa forma de aplicação são os bancários. Eles já chegaram a alegar que as pessoas que empregam seu dinheiro nas criptomoedas em algum momento poderão perder tudo o que foi aplicado.

ANÚNCIO

Há algum tempo atrás, o Banco Central alertou ao público quanto aos cuidados que se deve ter com este mercado, em razão da possibilidade do dinheiro virtual poder ser usado para fins ilícitos. E, é possível se deparar com essas operações fraudulentas nos últimos anos.

Crimes virtuais - US$ 24 milhões em bitcoin foram roubados em 2020
Fonte: (Reprodução/Internet)

Confira informações sobre o mais recente golpe sofrido pelo o público investidor em ativos digitais.

Perda de milhões de dólares nas aplicações criptográficas

Não é incomum ver de tempos em tempos relatos sobre fraudes no mercado de criptografia. Recentemente, os analistas de investimentos virtuais da Whale Alert divulgaram dado atuais de golpes realizados nos seis primeiros meses de 2020.

ANÚNCIO

De acordo com os especialistas, foi identificado roubo de 24 milhões de dólares no primeiro semestre do ano. Quando considerados os números registrados desde 2016 apontam fraudes que juntas somam 38 milhões de dólares.

Nesses valores não estão sendo contabilizados as aplicações perdidas pelos investidores que caem no esquema Ponzi, a famosa pirâmide. De acordo com os profissionais, estima-se que os golpistas de bitcoin (BTCUSD) faturem 50 milhões de dólares por ano às custas dos investidores.

A Whale Alert afirma que essas fraudes têm crescido junto com a repercussão das criptomoedas como uma fonte de emprego rentável de capital. Com isso, as abordagens têm se tornado cada vez mais agressivas e convincentes.

ANÚNCIO

Uma das estratégias que os fraudadores vêm usando é explorar a imagem de bilionários conhecidos, como por exemplo o americano Elon Musk. Além de utilizar canais de comunicação como o Youtube para fazer publicidade, bem como informar endereço da criptomoeda para o público enviar o bitcoin (BTCUSD).

Crimes virtuais - US$ 24 milhões em bitcoin foram roubados em 2020
Fonte: (Reprodução/Internet)

 

Um dos fatores mais preocupantes para os analistas é que os esquemas de fraude estão sendo muito bem elaborados, o que pode indicar por atrás desses sistemas ilícito, possam estar agindo profissionais do mercado.

Ainda, acreditam que as medidas judiciais tomadas para estes crimes continuam ineficazes, tendo em vista que as intervenções não frearam o crescimento dessas operações. Isto pode comprometer, inclusive, a imagem de pessoas que trabalham seriamente com o bitcoin(BTCUSD), já que este investimento tem perdido sua credibilidade diante dos acontecimentos.

Investidores são vítimas de fraude em São Paulo

Recentemente, foi divulgado que investidores de São Paulo alegaram ter sofrido golpes de uma gestora de aplicações de moeda digital. De acordo com as vítimas, a empresa parou de funcionar e não devolveu os valores empregados para investimento.

Um dos aplicadores informou ao G1 que perdeu todo o dinheiro destinado ao bitcoin (BTCUSD), que eram economias de 15 anos de trabalho. Uma parte do público informou que a abordagem dos corretores era muito profissional e convincente, o que fez com que cedessem à persuasão.

O advogado entrevistado pelo portal afirmou que aplicação mínima estipulada pelos golpistas era de 30 mil reais, o que caracteriza que a empresa buscava por investidores com mais condições financeiras. Segundo ele, os gestores mentiam para os clientes alegando que o alto valor empregado seria recompensado pela rentabilidade da criptomoeda.

Outros casos de instituições que atuam no mercado criptográfico que fecharam as portas e pediram recuperação judicial foram identificadas pela mídia. Até o momento, não há registros de pessoas ressarcidas pelos danos financeiros causados.

ANÚNCIO