Covid-19: Pfizer (PFIZ34) fechou acordo com mais de 30 países para vacina

ANÚNCIO

A farmacêutica americana Pfizer (PFIZ34) fechou acordo de venda da vacina contra o coronavírus com mais de 30 países, incluindo os Estados Unidos onde o presidente Donald Trump adquiriu 100 milhões de doses meses atrás. 

Algumas dúvidas sobre o imunizante ainda pairam pelo ar, por exemplo como o produto será mantido e como funcionará o armazenamento e transporte do produto. 

ANÚNCIO

Especialistas apontam que o imunizante precisa ser mantido em temperatura inferior a 70 graus Celsius. Uma das preocupações com a distribuição da vacina no Brasil é justamente a logística deste armazenamento, já que o país não conta com transportes frios. 

Covid-19: Pfizer (PFIZ34) fechou acordo com mais de 30 países para vacina
Fonte: (Reprodução/Internet)

Pfizer (PFIZ34) e BioNTech (B1NT34) visa imunizar 25 milhões de pessoas

Na quarta-feira (18), Pfizer e BioNTech afirmaram que esperam produzir quantidade suficiente de vacinas para imunizar 25 milhões de pessoas, o que iria requerer o desenvolvimento de 50 milhões de doses até o final deste ano. 

  • Farmacêuticas planejam produzir 1,3 bilhão de doses em 2021.

Desse montante para 2020, 50% deve ser vendido aos Estados Unidos já que Trump fechou acordo antecipado de US$ 1,95 bilhão com as farmacêuticas. Os norte-americanos não pagarão pelo recebimento do imunizante. 

ANÚNCIO

Reino Unido e Japão garantem vacina 

Também na corrida pela vacina, o Reino Unido e Japão negociaram com as empresas americanas. O governo britânico fechou acordo para comprar 30 milhões de doses, enquanto o Japão irá comprar 300 milhões. 

Nesta semana, o Reino Unido anunciou a compra de 350 milhões de vacinas de farmacêuticas diversas, dentre elas Moderna (M1RN34), Pfizer e AstraZeneca (A1ZN34).  

Leia mais: Vacina Pfizer (PFIZ34) – Governo deve comprar doses após registro

ANÚNCIO
ANÚNCIO