Covid-19: Moderna (M1RN340) prepara lançamento de vacina com depósito de US$ 1,1 bilhão

ANÚNCIO

Em divulgação de lucro trimestral, a Moderna  (M1RN340) anunciou estar se preparando para o lançamento global de sua vacina potencial contra o coronavírus, com o recebimento de US$ 1,1 bilhão em depósitos de governos. 

Conforme a empresa sediada em Cambridge, Massachusetts, as negociações estão em andamento com a iniciativa COVAX, programa de vacinas para países pobres da Organização Mundial da Saúde (OMS), sobre uma proposta de preços diferenciados para proposta de imunização. 

ANÚNCIO

 A vacina está provisoriamente com o nome de “mRNA-1273”, e já possui contratos de fornecimento na América do Norte, Oriente Médio e em outras regiões do mundo. 

Covid-19: Moderna (M1RN340) prepara lançamento de vacina com depósito de US$ 1,1 bilhão
Fonte: (Reprodução/Internet)

Moderna (M1RN340) sinaliza liberação de vacina contra o coronavírus 

Na semana passada, a Moderna (M1RN340), informou que concluiu o registro para teste de estágio final que conta com a participação de 30 mil voluntários. Recentemente, mais de 25.650 participantes receberam duas doses da vacina contra Covid-19 da empresa. 

De acordo com a empresa americana de biotecnologia, cerca de 37% dos participantes eram de diversas comunidades e 42% estavam em alto risco de doença grave. A grande maioria dos voluntários tem mais de 25 anos, com apenas 5% na faixa etária de 18 a 24 anos.

ANÚNCIO

“Estamos nos preparando ativamente para o lançamento do mRNA-1273 e assinamos uma série de acordos de fornecimento com governos em todo o mundo”, disse o CEO da Moderna, Stephane Bancel, em um comunicado à imprensa.

Leia mais: Ações de farmacêutica caem após morte de participante da vacina contra Covid-19.

CEO afirma que análise de eficácia acontecerá em novembro 

Em uma ligação com investidores na quinta-feira, o presidente-executivo afirmou que a empresa espera que o conselho de monitoramento de dados e segurança, que avaliará se o teste foi bem-sucedido, conduza sua primeira análise provisória em novembro. Segundo a companhia, o órgão não dará a análise até que a empresa não apresente 53 casos de Covid-19 diagnosticados no estudo da fase três.

ANÚNCIO

Em parceria com o Instituto Nacional de Saúde dos EUA, a Moderna (M1RN340) informou que espera que a vacina provoque o sistema imunológico para combater o vírus através da composição do material genético chamado RNA mensageiro. 

Separadamente, a empresa relatou um prejuízo no terceiro trimestre de US$ 233,6 milhões. No entanto, a empresa obteve uma receita de US$ 157,9 milhões, maior do que os US$ 77,5 milhões esperados pelos analistas de Wall Street.

Traduzido e adaptado por Equipe Folha Capital.

Fonte: CNBC News.

ANÚNCIO