Coca-Cola (COCA34) transfere comando da América Latina para o Brasil

ANÚNCIO

A Coca-Cola (COCA34) informou que decidiu transferir o comando da operação da marca na América Latina para o Brasil, como uma das medidas de reestruturação global da empresa.

Com a transferência, o presidente da Coca-Cola (COCA34) no país, Henrique Braun, tomou posse da liderança dos serviços da companhia no México, Caribe e na América do Sul e América Central.

ANÚNCIO

Com a iniciativa, o Brasil irá coordenar as unidades da Bolívia, Chile, Uruguai, Peru e Paraguai, que terão o comando transferido da Argentina.

Coca-Cola (COCA34) transfere comando da América Latina para o Brasil
Fonte: (Reprodução/Internet)

Coca-Cola (COCA34) Argentina nega transferência das operações

No mesmo comunicado sobre a reestruturação e a transferência da coordenação da América Latina para o Brasil, a Coca-Cola (COCA34) informou que serão criadas três novas zonas que irão trabalhar em colaboração com os times de liderança globais.

Com isso, a Argentina será integrada à nova estrutura no sul da região, que também inclui Uruguai, Chile, Bolívia, Paraguai e Brasil.

ANÚNCIO

Após o pronunciamento da empresa, a Coca-Cola (COCA34) Argentina divulgou nota negando qualquer mudança nas operações da companhia no país.

“A Coca-Cola Argentina desmente categoricamente que esteja contemplando uma transferência de suas operações […]”, declarou a companhia.

Gigante de bebidas visa crescimento estratégico com a reestruturação

A manifestação da marca na Argentina divergiu do comunicado da Coca-Cola (COCA34) sobre a reestruturação. De acordo com a companhia a reorganização faz parte de um movimento que está sendo aderido nas operações mundiais da empresa.

ANÚNCIO

Ainda, a gigante de bebidas declarou que esta manobra é coerente com o plano estratégico de crescimento da companhia, que também visa ampliar sua capacidade de escala global.

Por fim, conforme a Coca-Cola (COCA34) a modificação não afetará a estrutura das fábricas tendo em vista que as alterações são apenas corporativas.

ANÚNCIO