Claro, Vivo e Tim se unem para comprar operação móvel da Oi

ANÚNCIO

A Oi é uma das maiores companhias de telecomunicação do país, atuando em praticamente todo o território nacional. Porém, por conta de dívidas que a empresa carrega há um tempo, ficou difícil ter poder de investimento.

Pensando nisso, e em uma forma de deixar as contas em ordem dentro de casa, a companhia resolveu abrir uma oferta pelos seus ativos móveis, o que fez com que seus concorrentes se unissem em prol da compra de forma conjunta.

ANÚNCIO

Claro, Vivo e Tim resolveram apresentar uma oferta conjunta para realizar a compra dos ativos móveis da Oi, buscando assim, aumentar sua porcentagem de participação dentro do mercado de telefonia móvel no país.

Claro, Vivo e Tim se unem para comprar operação móvel da Oi
Fonte: (reprodução/internet)

Fique por aqui e entenda tudo sobre a oferta conjunta feita para a Oi, confira as informações sobre o processo.

Venda da telefonia móvel da Oi

Tim, Claro e Vivo oficializaram uma proposta de compra da telefonia móvel da Oi, postas à venda recentemente, para que a companhia consiga pagar dívidas passadas e aumentar sua rede de fibra óptica no país.

ANÚNCIO

Ainda não foi divulgado qual foi o valor da oferta feita pelas companhias, apenas se sabe que o valor mínimo pedido pela Oi foi em torno de R$ 15 bilhões. Porém, muito se desconfiava de quanto as empresas ofereceriam.

O assunto sobre o valor oferecido pelas empresas não parecia estar bem definido, tendo em vista que seria a chance de conseguir ações por preços baixos. No entanto, seus representantes garantiram um valor justo pelas ações. Uma ótima notícia para o mercado.

Chegada do 5g influenciou na decisão

A tecnologia 5g está cada vez mais próxima de nossa realidade, apesar de ter sido implantada em poucos lugares do globo até agora, como regiões mais ricas da Europa, Estados Unidos e Ásia.

ANÚNCIO

Fonte: (reprodução/internet)

Apesar disso, como o mercado deve chegar o mais rápido possível ao Brasil, será necessário que alguma das empresas acabe tentando tomar as rédeas para largar na frente dos seus concorrentes.

Dessa maneira, a Oi, por conta da sua vasta cobertura de fibra óptica, vai tentar alcançar um maior público quando a nova tecnologia chegar de fato, e por esse motivo, suas ações estão subindo na bolsa e as venda da rede móvel está sendo planejada.

Quem ganha mais com essa oferta

De acordo com a Credit Suisse, a Tim pode ser a maior beneficiária na compra conjunta da operação móvel da Oi, e isso ocorre por conta de diversos fatores que fazem a companhia se valorizar mais ainda.

A Tim tem participação de 23% no mercado de telefonia móvel no país, ficando atrás da Vivo e da Claro. Porém, na compra, a companhia ficaria com 54% da operação, enquanto a Vivo teria 24% e a Claro 22%.

Dessa maneira, além de aumentar seu campo de abrangência no país, as ações da companhia se valorizariam bastante, tornando-a uma empresa mais competitiva dentro de um mercado já muito concorrido.

Propostas externas

A Oi informou também que já recebeu proposta de R$ 1, 08 bilhão por uma de suas torres, mostrando que as companhias telefônicas em conjunto não serão as únicas interessadas nas compras.

Porém, por terem feito a oferta primária pelas ações, as empresas acabam tendo o direito de poder cobrir qualquer outra proposta que seja feita, favorecendo ainda mais que a compra ocorra como todos já estão suspeitando.

ANÚNCIO