Camil (CAML3) – Ações operam em alta com avanço dos lucros

ANÚNCIO

Nesta sexta-feira (9), as ações da Camil (CAML3) chegaram a subir mais de 7% no início do pregão na B3 (B3SA3) após a empresa reportar lucro recorde no segundo trimestre fiscal. 

De acordo com relatório divulgado, os preços elevados de alimentos básicos como o arroz, o crescimento do consumo da população durante a pandemia e o câmbio refletiram nos resultados da companhia. 

ANÚNCIO

O lucro Ebitda (antes juros, impostos, depreciação e amortização) avançou em 133,9%, para R$ 207,5 milhões no trimestre, crescimento de 3,6 pontos na comparação com 2019. 

Camil (CAML3) - Ações operam em alta com avanço dos lucros
Fonte: (Reprodução/Internet)

Ações Camil (CAML3) são impulsionadas por lucro de R$ 138,6 milhões

As ações Camil (CAML3) dispararam com a divulgação do lucro de R$ 138,6 milhões referente ao trimestre fiscal da empresa, o que significa alta de 245,6% na comparação trimestral.

Apesar do desempenho, durante a abertura do mercado, os ativos da marca passaram a cair 1,44%, a R$ 13,73, às 16h35, seguindo o ritmo de queda do Ibovespa (IBOV). 

ANÚNCIO

Além dos bilhões em lucratividade, a receita líquida da marca atingiu R$ 1,9 bilhão, salto de 56,3% puxada pelo volume de vendas de pescados, grão e açúcar. 

“Destacamos uma melhor rentabilidade no período, fruto da gradual retomada da capacidade de repasse de preços de grãos e pescados no Brasil, contínua melhoria em rentabilidade no internacional e diluição de custos”, afirmou a companhia de alimentos. 

Vendas de arroz da marca tem alta de 14% 

A Camil (CAML3) informou que durante o segundo trimestre fiscal, encerrado em agosto, as vendas de arroz atingiram a marca de 217,2 mil toneladas, alta de 14% motivada pelo fluxo de consumo durante a pandemia. 

ANÚNCIO
  • O preço do grão chegou a R$ 67,13 por saca, encarecimento de 54%. 

Conforme a empresa, o aumento dos preços do arroz no mercado nacional é devido à desvalorização do Real frente ao Dólar que impulsionou a exportação do grão durante o primeiro semestre do ano. 

ANÚNCIO