Brasil desperdiça água e o prejuízo econômico chega à casa dos bilhões

ANÚNCIO

O país tem passado por uma situação realmente preocupante. Em meio a crise causada por uma pandemia, que por si só já é ruim o suficiente, outros problemas têm surgido neste ínterim.

O povo brasileiro parece não estar colaborando para uma melhoria, a qual dependente de todos. O Brasil é um dos países mais abençoados em termos de diversidade florestal e o maior possuidor de água doce de todo o mundo. No entanto, temos o péssimo hábito de não conservar as riquezas que nos foram dadas.

ANÚNCIO

Resultado disso é que desde 2018, o índice de desperdício de água tem aumentado significativamente. O que é inacreditável pois há pouco tempo atrás presenciávamos uma crise hídrica em várias regiões do país.

água
Fonte:(reprodução/internet)

Brasil desperdiça água e o prejuízo econômico chega à casa dos bilhões. Veja também as decisões tomadas pelos estados sobre cobrança de energia elétrica. Ainda, Congresso aprova medidas de combate ao desperdício de comida no país.

Consumo de energia

Com o advento da pandemia, os governadores dos estados do país precisaram criar uma logística voltada aos gastos básicos da população. Afinal, muitas famílias carentes se esforçam para ter condições de colocar comida na mesa. E, a cobrança de outras despesas se tornaram inviáveis.

ANÚNCIO

Em razão disso, em algumas regiões a cobrança do consumo de energia elétrica foi suspensa. Cada autoridade instituiu suas regras e requisitos, mas todas voltadas para famílias de baixa renda.

A medida não foi determinação do governo nacional ou resultado de decisões judiciais. Mas, é uma decisão voluntária dos governos estaduais. Lembrando que não são todos que estão vinculados a implementarem esta concessão.

Outro ponto que merece ser observado é em relação ao consumo de luz e o uso exacerbado deste recurso durante o isolamento social. A tendência é que o uso apresente aumento pois, desde março, as pessoas começaram a ficar mais tempo em casa.

ANÚNCIO

água
Fonte:(reprodução/internet)

Entretanto, algumas empresas do país que fornecem energia dão dicas de como fazer o consumo consciente da luz. De acordo com o portal G1, dentre as recomendações estão a revisão do uso de aparelhos como televisão.

Muitas pessoas têm o hábito de deixar a TV ligada e sair para fazer outras atividades. O aconselhado é que se não estiver utilizando-a, desligue. Outra dica, priorize usar lâmpadas que requeiram menos energia. Evite aquelas amarelinhas que esquentam muito. Utilize as de LED.

A diminuição do uso de energia não é bom apenas para o bolso, mas evita a sobrecarga deste serviço e uma eventual crise hidrelétrica. Quanto mais fizermos nossa parte em coisas básicas, mais contribuímos para o país.

Medidas contra desperdício de comida

Os serviços que são mais afetados quando se concentra um grande número de pessoas em casa são: energia, alimentação e água. Assim que foi anunciada as ações de prevenção contra o novo vírus, a população desesperada foi aos mercados fazer estoques de alimentos.

Se você parar para pensar, muitas quantidades desses produtos podem ser desnecessários. Inclusive, muitos destes alimentos acabam vencendo na casa do consumidor. Ações como estas também podem afetar a obtenção de comida por parte de outras famílias.

O que é algo muito egoísta já que diante de um cenário pandêmico e de crise financeira, muitas pessoas têm passado fome. E cientes dessa realidade, alguns projetos têm sido apresentados no Congresso Nacional para conter o índice de desperdício de alimentos.

Com o objetivo de incentivar a doação por parte de estabelecimentos que trabalham com o serviço alimentar. Atualmente, de acordo com pesquisas da Embrapa, o Brasil tem um alto índice de desperdício de comida, registrando mais de 125 quilos por residência.

Prejuízo gerado pelo uso irresponsável de água

Recentemente dados apontaram que mais uma vez os índices de desperdício de água aumentaram. Esse marco vem crescendo desde 2018, e o relato é preocupante pois estudos apontam que o Brasil perdeu mais de 38% de água tratada referente ao ano retrasado.

O prejuízo gerado na economia em decorrência do uso irresponsável de água foi de mais de 6 bilhões de reais há 3 anos atrás. Em 2020, esse número duplicou alcançando o marco de 12 bilhões de reais.

O país já vem sofrendo com a oscilação climática, já que os índices de chuva não são estáveis. O que acontece quando você constantemente tira recursos de um local que não há reposição diária? Uma hora ele acaba. E essa tem sido a preocupação dos profissionais.

Para reverter este cenário, o ideal seria alcançarmos o registro de pelo menos 20% de perda de água.  Este índice é registrado em países desenvolvidos e que não possuem os recursos naturais que nós temos. Será que precisamos perder para valorizar?

As estimativas não são boas para os próximos anos se continuarmos nessa sequência de alto volume de desperdício. É hora de nos conscientizarmos e nos tornamos habitantes melhores para este Brasil.

ANÚNCIO