Bolsa de Valores: como investir dinheiro

ANÚNCIO

Melhorar as condições de vida é o sonho de muitas pessoas que querem começar a investir na Bolsa de Valores, porém, por se tratar de um mercado muito complexo, se torna difícil os iniciantes conseguirem sucesso nesse meio.

O mercado financeiro não é mais aquela gritaria e gente correndo para todo lado, como acabou se tornando conhecido. Hoje, todo o processo pode ser realizado na internet, de maneira muito mais prática e simples para os investidores iniciantes.

ANÚNCIO

Entender como a Bolsa de Valores funciona, além de saber alguns conceitos básicos sobre o mercado financeiro, se tornou item indispensável para quem quer começar a investir e ser bem-sucedido dentro do universo de compra e venda de ações.

Bolsa de Valores cai 1,07%; siga - 23/09/2020 - UOL Economia
Fonte: reprodução/internet

Quer começar a investir na Bolsa de Valores? Fique aqui e entenda como fazer do seu dinheiro uma fonte mais rentável no mercado financeiro.

Abra uma conta em uma corretora

O primeiro passo a se tomar para começar a investir na Bolsa é abrindo uma conta em alguma corretora de investimentos. Desse modo, já será possível começar a negociar com empresas e outros acionistas a compra e venda de ações, que é o que move o mercado financeiro.

ANÚNCIO

Porém, é necessário ficar atento e escolher uma boa corretora. São cobradas algumas taxas sobre transações, como as taxas de corretagem e custódia, e escolher uma que conte com profissionais competentes, e taxas baixas, é a melhor opção para investidores iniciantes e experientes.

Confira aqui algumas das melhores corretoras de investimento do mercado atual:

  • XP Investimentos;
  • Rico;
  • Clear;
  • Modal Mais;
  • Easynvest.

O que são ações

Ações são basicamente fatias das empresas. As companhias são divididas em ações, que podem ser compradas por acionistas para serem vendidas depois, a fim de gerar lucro. Cada investidor pode comprar o número de ações que quiser, desde que consiga pagar por elas.

ANÚNCIO

Mercado primário e secundário

Agora que já sabemos que para comprar e vender ações, é necessário ter uma conta em uma corretora, e também já entendemos o que são ações, é preciso diferenciar o mercado primário do secundário, pois é aqui que as negociações acontecem.

O mercado primário é quando um investidor compra ações diretamente de uma empresa, se tornando acionista dela. Essas ações podem ser mantidas, caso ache que o valor delas vá subir, ou vendidas, vai da sua estratégia de atuação.

Já o mercado secundário é quando um investidor compra ações de outro investidor, não negociando diretamente com as empresas. É aqui que acontece a maior parte das negociações, pois, assim como você, existem outros acionistas tentando vender as ações que adquiriram.

Home Broker

Mas por onde acontece essas negociações e onde eu decido se vendo ou não minhas ações? No Home Broker. Após contratar uma corretora, a própria irá te apresentar o Home Broker dela, uma plataforma onde se torna possível visualizar ações à venda e comprar ou vender as suas.

É aqui que o investidor dá as ordens de compra e venda das ações, visualizando as melhores opções para investir. É necessário ficar atento a alguns pontos na hora de negociar, pois é possível que esteja comprando ações que tendem a ser desvalorizadas em breve.

Bolsa de Valores: Como investir dinheiro
Fonte: reprodução/internet

Por isso é necessário contar com uma boa corretora, pois, apesar de ser impossível prever o que irá acontecer no mercado financeiro, contar com profissionais que tenham um bom conhecimento do meio, a fim de diminuir o prejuízo no caso de perdas, é de extrema importância.

Valorização das ações

Agora que já sabemos como comprar e vender ações no mercado, é também importante entender os fatores que levam essas ações a valorizarem ou desvalorizarem com o tempo, e esse processo pode acontecer até mesmo no mesmo dia.

Fatores externos da sociedade acabam influenciando diretamente nas ações da Bolsa de Valores. Se as pessoas deixam de ir ao shopping, por exemplo, as ações dos shoppings tendem a desvalorizar. Caso comecem a comprar muitas TVs, as empresas que fabricam TVs tendem a ganhar com isso.

Por isso, é importante sempre se manter bem informado sobre o mundo em geral para investir na Bolsa. As notícias só chegam aos jornais depois de estarem velhas no mercado financeiro, portanto, procure por outros meios de se informar e esteja sempre atento às dicas da corretora.

Tipos de investimento

É possível investir a longo prazo, a curto prazo, e também através do Day Trade, modalidade de negociação muito tentadora, que te dá lucros no mesmo dia, porém, muito perigosa para quem é iniciante na Bolsa de Valores.

Porém, tão importante quanto isso, é entender o que são rendas variáveis e fixas, além de entender de vez quais são os tipos de investimento disponíveis no mercado, a fim de gerar mais lucro para o acionista.

Confira os tipos de investimento

Com todo esse conhecimento, já se torna possível investir na Bolsa de Valores e sair com lucros consideráveis. Agora, só falta procurar uma boa corretora e começar a multiplicar seu dinheiro.

ANÚNCIO