BMW (BMW) vai pagar multa de US$ 18 milhões por maquiar relatório de vendas

ANÚNCIO

Nesta sexta-feira (25), a Securities and Exchange Commission (SEC), que atua como a CVM no Brasil, anunciou que a BMW (BMW) irá pagar multa de US$ 18 milhões por reportar erroneamente os seus números de vendas de veículos.

Outras empresas também já foram multadas por manipulação de balanço de vendas. Um ano atrás, a Fiat Chrysler (FCAU) foi sancionada com multa de US$ 40 milhões pela mesma prática.

ANÚNCIO

No época, a Fiat foi acusada de armazenar dados referentes aos números de vendas anteriores, não divulgadas, em um banco de dados conhecido internamente como “jarra de biscoitos”. Segundo a comissão, esses percentuais eram divulgados nos meses fracos em vendas. 

BMW (BMW) vai pagar multa de US$ 18 milhões por maquiar relatório de vendas
Fonte: (Reprodução/Internet)

BMW (BMW) manipula número de venda há anos, segundo a SEC

Segundo a SEC, a multa de US$ 18 bilhões, acordada pela BMW (BMW), corresponde à responsabilização da empresa por maquiar os relatórios de vendas durante anos. 

A comissão declarou que a fabricante alemã de automóveis de luxo utilizava uma a reserva de vendas de veículos de varejo, não indicadas nas divulgações financeiras, para manter atingir as metas no setor. 

ANÚNCIO

Com essa conduta, a empresa conseguia sempre se manter na liderança de comercialização no varejo deixando para trás outras montadoras de luxo do mercado.

A BMW Group (BMW), que inclui as marcas BMW e Mini, concordou com o acordo e multa sem qualquer admissão de irregularidade.

Fabricante se pronuncia a conduta

Após a divulgação da polêmica, a BMW (BMW) se manifestou alegando que a conduta irregular ocorreu há mais de três anos e, declarou que irá se concentrar na divulgação de relatórios de vendas consistentes.

ANÚNCIO

Grande parte da conduta em questão no acordo da SEC ocorreu há mais de três anos. A BMW Group atribui grande importância à exatidão de seus números de vendas e continuará a se concentrar em relatórios de vendas completos e consistentes“, afirmou a empresa. 

SEC irá averiguar US$ 18 bilhões movimentados na época

Apesar das ações da BMW (BMW) não serem vendidas no mercados dos EUA, regularmente a empresa transaciona títulos para os investidores americanos. 

Com isso, a SEC, que atua na supervisão do mercado, irá analisar a movimentação de US$ 18 bilhões em títulos negociados durante os anos de divulgação errônea das vendas da marca.  

ANÚNCIO