Blackstone (BX) registra fortes ganhos com a venda de ativos

ANÚNCIO

O Blackstone Group (BX) informou que os lucros distribuíveis do terceiro trimestre aumentaram 9% com relação ao ano anterior,  aproveitando o aumento em avaliações corporativa que impulsou a venda de ativos no mercado financeiro.

O lucro atribuído a acionistas totalizou US$ 772 milhões, ante US$ 710 milhões de um ano antes. De acordo com a Refinitiv, este resultado se traduziu em lucro por ação de 63 centavos, superando a estimativa média dos analistas de 57 centavos.

ANÚNCIO

A Blackstone (BX) também declarou que seu portfólio de private equity valorizou 12,2% no terceiro trimestre, em comparação com um aumento de 8,5% no índice de ações S&P 500 (INX) no mesmo período. Os fundos imobiliários oportunistas e core aumentaram 6,4% e 3,5%, respectivamente.

Blackstone (BX) registra fortes ganhos com a venda de ativos
Fonte: (Reprodução/Internet)

Leia mais: Maior gestora de investimentos do mundo encerra trimestre com US$ 7,81 trilhões em ativos.

Blackstone (BX) relata transação de US$ 7 bilhões no trimestre

Segundo a Blackstone (BX), durante o trimestre a companhia concluiu a venda da Cheniere Energy Partners (CQP) para a Brookfield Asset Management (B1AM34) e Blackstone Infrastructure Partners em um negócio de US$ 7 bilhões. Também, a gestora de ativos concluiu a oferta pública inicial de U$ 625 milhões do segundo fundo de investimento imobiliário da Índia, Mindspace Business Parks (543217).

ANÚNCIO

“A Blackstone relatou resultados excelentes no terceiro trimestre, caracterizados por um forte desempenho de investimento e crescimento dos lucros”, disse o CEO da Blackstone, Stephen Schwarzman, em um comunicado.

De acordo com os dados contábeis, a Blackstone (BX) reportou lucro de US$ 794,7 milhões, com o crescimento na receita que compensou parcialmente as despesas dos meses anteriores. Ainda, a empresa informou que pagaria um dividendo trimestral de 54 centavos por ação.

Gestão de ativos alcança marca de US$ 584,4 bilhões

A companhia reportou gestão de ativos de US$ 584,4 bilhões no final de setembro, ante US$ 564,3 bilhões no trimestre anterior, impulsionados pela forte arrecadação de fundos. A Blackstone (BX) tinha US$ 152,4 bilhões de capital não gasto no final de setembro.

ANÚNCIO

Traduzido e adaptado por Equipe Folha Capital.

Fonte: Reuters.

ANÚNCIO