Apple (AAPL34) termina parceria com o banco britânico Barclays (BARC)

ANÚNCIO

Nesta sexta-feira (15), antes de anunciar as novas versões do Apple Watch e o iOS 14, a Apple (AAPL34) comunicou que sua parceria de longa data com o banco britânico Barclays (BARC) chegou ao fim.

A decisão da gigante americana afirmou que a decisão veio motivada pelo planos de impulsionar seus próprios serviços de financiamento de produtos do Apple Card.

ANÚNCIO

O acordo de financiamento do Barclaycard Visa possibilitava que os clientes comprassem os produtos Apple (AAPL34) sem juros a depender do valor gasto nas compras. 

Apple (AAPL34) termina parceria com o banco britânico Barclays (BARC)
Fonte: (Reprodução/Internet)

Saiba o que mudará com o fim da parceria entre Apple (AAPL34) e Barclays (BARC).

Apple (AAPL34) dá detalhes sobre encerramento da parceria 

De acordo com a Apple (AAPL34), com o desfazimento do acordo com o Barclays (BARC) os clientes de seus serviços não terão mais a opção de solicitar cartão de crédito por meio do site da marca ou em lojas de varejo. Logo, não terão condições especiais por serem usuários dos cartões do banco. 

ANÚNCIO

Conforme a Bloomberg, a companhia afirmou à equipe que os titulares dos cartões Barclaycard Visa poderão continuar usando este recurso como um cartão de crédito comum assim como outros já existentes no mercado. Enquanto isso, o banco britânico não se pronunciou quanto ao fim da parceria. 

Escolha pelo Goldman Sachs (GSGI34) afeta acordo com Barclays (BARC) 

Em 2019, a Apple (AAPL34), empresa de capital aberto mais valiosa do mundo, escolheu o Goldman Sachs (GSGI34) como parceiro bancário para o lançamento da Apple Card nos EUA, e desde então o acordo com o Barclays (BARC) começou a se esfriar. 

Em agosto daquele mesmo ano, a Apple (AAPL34) e a instituição bancária europeia encerraram o programa de recompensas, que oferecia aos usuários três pontos por dólar gasto nas compras da empresa de tecnologia, além de bônus a título de vale-presente.

ANÚNCIO
ANÚNCIO