Alibaba (BABA34) prevê lucro com serviços de nuvem, diz CFO

ANÚNCIO

Nesta quarta-feira (30), a diretora financeira do Alibaba (BABA34), Maggie Wu, informou que os serviços de computação em nuvem da empresa deve se tornar lucrativo neste ano fiscal, pela primeira vez.

Segundo a Synergy Research, hoje o Alibaba (BABA34) é o segundo maior player de computação em nuvem em receita na região Ásia-Pacífico, atrás da Amazon (AMZO34), de acordo com a Synergy Research.

ANÚNCIO

Na China a marca é o número um neste segmento. Já em nível global, a empresa fica atrás atrás da Amazon (AMZO34), Microsoft (MSFT34) e Google (GOGL34).

Alibaba (BABA34) espera ter lucros com serviços de nuvem, diz CFO
Fonte: (Reprodução/Internet)

Alibaba (BABA34) aposta em computação em nuvem como principal negócio

Com a estimativa para as operações, o Alibaba (BABA34) segue com a linha de negócios divulgada em 2018 pelo CEO Daniel Zhang. Naquele ano, o executivo afirmou que a computação em nuvem seria o principal negócio da marca no futuro.

O pronunciamento do CFO e do presidente da empresa parece ter sido bem recebido pelos investidores, que veem os serviços em nuvem como um componente crítico para o crescimento da companhia.

ANÚNCIO
  • Os BDRs do Alibaba (BABA34) saltaram 6,18% no fechamento do mercado.

Em um discurso na quarta-feira, Zhang chamou a tecnologia de motor de crescimento, mas disse que o mundo está em um estágio inicial da era da nuvem global.

Alibaba (BABA34) espera ter lucros com serviços de nuvem, diz CFO
Fonte: (Reprodução/Internet)

Ainda conforme o CEO, a computação em nuvem é o tipo de oportunidade que surge apenas uma vez a cada geração.

Gigante do e-commerce tem receita de US$ 1,75 bilhão com a tecnologia

Os investimentos da empresa nesta tecnologia mostraram retorno no trimestre de junho, a receita desta divisão cresceu 58,5%, para US$ 1,75 bilhão (12,35 bilhões de yuans). No entanto, a frente contribui com apenas 8% da receita total da marca.

ANÚNCIO

Em abril, a gigante do e-commerce anunciou que iria aplicar 200 bilhões de yuans em sua divisão de computação em nuvem nos próximos três anos.

Com esse desempenho primeiro trimestre fiscal, as vendas do Alibaba (BABA34) saltaram 34% e a empresa obteve lucro líquido de 47,59 bilhões de yuans, praticamente dobrando o registrado no trimestre financeiro anterior.

ANÚNCIO