Alibaba (BABA) fatura US$ 56 bilhões no Dia dos Solteiros, mas ações despencam

ANÚNCIO

O Alibaba (BABA) informou que faturou US$ 56,42 bilhões em vendas no Dia dos Solteiros na China comemorado no dia 11 de novembro. O volume de vendas na plataforma chinesa supera os 268,4 bilhões de yans registrados no ano passado em 24 horas.

O Dia dos Solteiros é tipicamente um evento de compras 24 horas que oferece grandes descontos em milhões de produtos em plataformas de e-commerce administradas pela companhia, pela JD.com (9618) e por outras marcas.

ANÚNCIO

O evento gera mais vendas do que a Black Friday e a Cyber ​​Monday combinadas nos Estados Unidos. No entanto, o recorde de vendas da gigante chinesa foi ofuscado por uma queda de quase 10% nas ações Alibaba (BABA) causada pela proposta de um novo regulamento no país.

Alibaba (BABA) fatura US$ 56 bilhões no Dia dos Solteiros, mas ações despencam
Fonte: (Reprodução/Internet)

Leia mais: Alibaba supera Amazon e Microsoft nos serviços de nuvem.

Ações Alibaba (BABA) caem na NYSE e em Hong Kong

Apesar dos números sólidos registrados pela empresa de e-commerce durante o Dia dos Solteiros, os preços de suas ações sofreram forte impacto. No pregão da terça-feira, as ações do Alibaba (BABA) listadas na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) fecharam em queda de mais de 8% a US$ 266,54.

ANÚNCIO

O desempenho eliminou eliminando mais de US$ 60 bilhões do valor de mercado da companhia  em um único dia. Já os papéis da gigante de tecnologia chinesa listadas em Hong Kong caíram 9,8% na quarta-feira.

A desvalorização das ações veio após a Administração Estatal de Regulação do Mercado da China divulgar regras que, pela primeira vez, define o que constitui um comportamento anticoncorrencial. As normas antitruste abrangem áreas que incluem preços, métodos de pagamento e uso de dados para clientes-alvo.

“A implementação potencial de novas regulamentações antitruste é negativa para a maioria das grandes empresas de Internet, particularmente em e-commerce e entrega de alimentos […]”, disseram analistas do Morgan Stanley (MSBR34) em nota publicada hoje.

ANÚNCIO

Gigante chinesa investe em produtos importados

Com este cenário que pode ser desfavorável para o Alibaba de Jack Ma, a empresa ainda assim espera que os produtos importados sejam um grande sucesso nas compras chinesas, já que os consumidores do país diminuíram suas viagens viajam para o exterior para comprar mercadorias estrangeiras.

Alguns números já atendem a essa projeção. Tmall, uma plataforma de compras administrada pela companhia, trouxe mais de 2.600 novas marcas internacionais para a China pela primeira vez.

O Dia dos Solteiros deste ano é incomum já que ocorre durante uma pandemia global  que devastou a economia mundial. Mas na China, onde o vírus parece estar amplamente sob controle, a economia começou a se recuperar.

Traduzido e adaptado por Equipe Folha Capital.

Fonte: CNBC News.

ANÚNCIO