Ações de companhias aéreas caem com novas restrições na UE

ANÚNCIO

As ações das companhias aéreas caíram na sexta-feira (22) depois que governos europeus anunciaram novas restrições a viagens para combater as crescentes taxas de infecção de Covid-19 e suas variantes altamente infecciosas.

Os líderes europeus concordaram na quinta-feira (21) em manter suas fronteiras abertas, mas desencorajar qualquer viagem não essencial, o que significa que os cidadãos que desejam se mudar de áreas onde o vírus está circulando em um nível muito alto serão solicitados a fazer um teste.

ANÚNCIO

Os cidadãos só poderão embarcar em seus voos caso o teste feito anteriormente tenha dado negativo, e irão passar por um período de quarentena quando chegarem a outro estado membro.

Ações de companhias aéreas caem com novas restrições na UE
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja mais: Pandemia leva mais de 40 companhias aéreas à falência, segundo especialistas

IAG (IAG) e Easyjet (EZJ) caíram 4%

A França já disse que a partir de domingo exigirá que os cidadãos provenientes de outros países da União Europeia tenham um teste via PCR negativo para Covid-19 pelo menos 72 horas antes da partida.

ANÚNCIO

“Estamos totalmente convencidos de que devemos manter as fronteiras abertas para manter o funcionamento do mercado interno, mas também estamos convencidos de que devem ser possíveis restrições para viagens não essenciais, disse Charles Michel, Presidente do Conselho Europeu.

Estas restrições às viagens são um desafio para a UE, dada a sua política de livre circulação, em que cidadãos, bens e serviços circulam livremente de um país para outro. No entanto, essa abordagem foi gravemente atingida pela pandemia, que se refletiu no desempenho do setor de viagens.

O International Consolidated Airlns (IAG), dono da Iberia e British Airways, afundou quase 4% na sexta-feira. A Lufthansa (LHA) também caiu cerca de 3%. Easyjet (EZJ) caiu mais de 4%. Todo o setor de viagens e lazer na Europa caiu 2,8% durante o horário de almoço europeu.

ANÚNCIO

Companhias receberam subsídios dos governos

Em declarações no início desta semana, Mark Manduca, analista de viagens e lazer do Citigroup (C), disse que quaisquer obstáculos são negativos para o setor, incluindo desde resultados de testes, até o momento de sair de casa e chegar ao país de destino.

Ele disse que a recuperação nos próximos 12 meses seria bastante desigual. Como resultado das restrições de viagens, Manduca espera que os consumidores optem por férias mais longas e menos vezes por ano, em vez de frequentar longos fins de semana fora.

Algumas companhias aéreas europeias, como a AirFrance (AF) e a Lufthansa (LHA), receberam subsídios do governo para lidar com o impacto da pandemia. No entanto, há dúvidas sobre se será necessário mais suporte nos próximos meses.

O CEO da Lufthansa (LHA) disse na quinta-feira que a empresa está perdendo 1 milhão de euros (US$ 1,2 milhão) a cada duas horas. No entanto, esta é realmente uma melhoria significativa, disse ele, já que a empresa em 2020 estava perdendo a mesma quantidade de dinheiro a cada hora.

Tráfego de passageiros aéreos caiu 70%

No início do mês, a International Air Transport Association (IATA) disse que o número de passageiros  estagnou no final de 2020. O crescimento do tráfego de passageiros caiu 70,3% ano-a-ano em novembro, com a Europa sendo a região mais severamente afetada devido às medidas de contenção estritas.

Os líderes europeus começaram a debater se os certificados de vacinação deveriam ser usados ​​para promover viagens nos próximos meses. A ideia, impulsionada pela Grécia e outras nações com forte turismo, permitiria que aqueles que foram vacinados viajassem para qualquer lugar da UE.

Alberto Alemanno, professor de direito da UE na escola de negócios HEC disse que em vez de facilitar as restrições às viagens, o passaporte de vacinação simplesmente criaria novas fronteiras entre pessoas e países.

“Dada a distribuição altamente diferenciada das campanhas de vacinação nos Estados-Membros, alguns cidadãos têm mais probabilidade de ser vacinados do que outros, visto que pertencem a certas categorias e grupos etários em detrimento de outros”, acrescentou Hermano.

Leia também: Analista do BofA (BAC) destaca importância do hidrogênio no futuro

Traduzido e adaptado por equipe Folha Capital.

Fontes: CNBC e BBC.

References

CNBCStock Markets, Business News, Financials, Earnings – CNBC

ANÚNCIO