Ações da Boa Vista (BOAS3) fecha em alta na sessão de estreia na B3 (B3SA3)

ANÚNCIO

Na quarta-feira (30), as ações da Boa Vista (BOAS3) dispararam nos ganhos durante a sessão de estreia na B3 (B3SA3). Os papéis encerraram o pregão com valorização superior a 18%. 

A empresa de informações de crédito e administração de bancos de dados foi fundada pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em 2010. 

ANÚNCIO

Atualmente, a Boa Vista (BOAS3) é uma das grandes companhia deste segmento, mas ainda fica atrás da Quod, que conta com os maiores bancos do país como sócios, e da Serasa Experian. 

Ações da Boa Vista (BOAS3) fecha em alta na sessão de estreia na B3 (B3SA3)
Fonte: (Reprodução/Internet)

Boa Vista (BOAS3) salta 18,93% em primeiro dia na Bolsa brasileira 

As ações Boa Vista (BOAS3) fecharam o pregão, que marcou o primeiro dia de listagem dos papéis na Bolsa brasileira, com valorização de 18,93%, a R$ 14,51. 

Na máxima do dia, os ativos da companhia chegaram a saltar 20,33%, a R$ 14,68. Já o volume financeiro movimentado foi de R$ 508 milhões na sessão de estreia na B3 (B3SA3).

ANÚNCIO

A oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) precificou as ações em R$ 12,20 e levantou R$ 2,17 bilhões em recursos. 

A abertura de capital da Boa Vista (BOAS3) aconteceu depois que a reforma do cadastro positivo entrou em vigor no país. Por meio do novo formato, o público passou a fazer parte de um sistema único de histórico de crédito. 

TMG Capital tem participação de 30% na companhia 

Ainda, no ano em que a Boa Vista (BOAS3) foi fundada, o Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre e a Associação Comercial do Paraná compraram 6,9% de participação no capital social da marca. 

ANÚNCIO

No entanto, foi o fundo de private equity TMG Capital que adquiriu a maior fatia com 30% de participação. Hoje, a Boa Vista (BOAS3) tem taxa composta de crescimento anual (CAGR) de 9%.

ANÚNCIO