A queda no valor do dólar – Entenda os motivos

ANÚNCIO

As mudanças no panorama econômico virou um evento que todos querem acompanhar de perto. O personagem principal é os Estados Unidos, pois tudo que acontece no país acaba reverberando cedo ou tarde em outros lugares.

Digamos que a economia norte-americana é a lançadora de tendências das quais, querendo ou não teremos que aderir. Essa semana, ela preparou bons episódios para o mundo. Já que desde a reabertura da Wall Street, as expectativas estão sendo positivas.

ANÚNCIO

Outra consequência esperada pelo mercado, mas não de uma forma tão rápida: a queda do dólar. O que isso significa de fato para a realidade financeira global? Isso significa uma possível recuperação pós pandemia? Vejamos.

A queda no valor do dólar - Entenda os motivos
Fonte:(reprodução/internet)

A queda no valor do dólar – Entenda os motivos. Todos os olhos estão voltados para a economia americana e os seus reflexos no restante do mundo. Veja quais são as notícias mais recentes sobre o mercado dos EUA.

Bolsas estão atentas aos EUA X China

Desde 2019 os Estados Unidos e a China vem roubando a cena com uma batalha de titãs. Os dois monstros da economia parecem não estar se entendendo bem. Isso ficou claro depois de várias acordos estabelecidos e descumpridos, principalmente por parte de Trump.

ANÚNCIO

Não existe perspectiva de paz selada, pois quando um tanque ataca o outro prepara a vingança. E no final das contas, ninguém abaixa a guarda. Recentemente, o presidente da China, Xi Jinping, determinou o cancelamento na compra de alguns produtos norte-americanos.

Como contra ataque, foi anunciado, nesta quinta-feira (3), que o presidente dos EUA decidiu pela proibição da entrada de empresas de aviação em território aéreo americano. A perda destes voos deverá impactar negativamente a economia chinesa.

Pelo o que parece, os líderes de governo estão disputando quem prejudica mais o mercado do outro. Profissionais deste ramo afirmam que estes conflitos não irão trazer benefícios a ninguém, nem mesmo aos dois personagens centrais desta concorrência.

ANÚNCIO

A queda no valor do dólar - Entenda os motivos
Fonte:(reprodução/internet)

Para os investidores do mercado financeiro não é interessante estar focado apenas em suas aplicações, para eles o cenário que esses dois países vem criando é fundamental para a economia. O esperado é que “cessem fogo” o quanto antes, para evitar maiores problemas.

Enquanto acontece toda novela entre Trump e Xi Jinping, o dólar apresentou queda nos últimos dias. As pessoas atentas às ações e investimentos comemoram, pois a compra desta moeda como ativo parece estar voltando a ser atrativa.

O Valor Investe afirma que outro ponto relevante, é que a restauração da economia europeia. Apesar de encontrarem os resultados ofuscados devido toda essas questões citadas anteriormente, as regiões do euro são fundamentais para interessados em ações.

Semana de baixa na cotação do dólar

Na primeira semana de junho a moeda apresentou uma cotação menor da que vinha sendo anunciada. O que foi visto como alívio já que há poucos dias atrás o dólar chegou perto de ultrapassar R$6,00.

De acordo com o MoneyTimes, a baixa registrada na quarta-feira foi mais de 3%, chegando a bater o valor de R$5,01. Este efeito de diminuição não é visto desde o ano de 2018. Afinal, o que tem corroborado para isso acontecer em pouco tempo de retomada comercial?

Para os estudiosos do mercado financeiro, o que está acontecendo é um otimismo em relação a recuperação global frente à pandemia. Ocorrendo uma espécie de “desafogamento” do dólar, já que a moeda é procurada como “porto seguro” dos investidores.

A queda no valor do dólar - Entenda os motivos
Fonte:(reprodução/internet)

O mercado voltou a notar outras possibilidades, inclusive para a economia brasileira. Prova disso é a valorização das ações do Brasil diante da queda da moeda americana. Fato este que surpreendeu até mesmo grandes profissionais do Banco Central.

Há poucos dias noticiamos a cotação da moeda americana superior a R$5,35 e queda de perspectiva referente ao nosso mercado. No entanto, os dias têm sido favoráveis para o Brasil, nota-se com o bom desempenho apresentado pela Ibovespa.

Estimativa para a moeda americana

Com tantas modificações constantes no panorama econômico, fica difícil expor estimativas imutáveis. Isso porque, questões tanto no Brasil como no exterior estão em pauta, isso engloba discussões políticas, movimentos sociais, guerra comercial, ausência de vacina, etc.

Logo, entende-se que existem muitos fatores que podem influenciar na performance do dólar e do próprio real. Segundo informações encontradas, a perspectiva de cotação da moeda americana ainda é alta.

É inegável que o Brasil pode estar caminhando para um possível equilíbrio, se os resultados permanecerem como os do começo dessa semana. Porém, afirmar um posicionamento permanente ainda é precipitado.

Todo dia é um novo desafio e uma nova realidade diante deste cenário conturbado e cheio de improbabilidades. É esperado que aos poucos chegue a calmaria e a segurança que todos estão estimando.

ANÚNCIO